by Giselle Beiguelman
Currently Browsing: textos | writing

Brasil na Bienal de Arquitetura de Veneza

Conversei com o curador do Brasil na Bienal de Arquitetura de Veneza. Na entrevista publicada na revista seLecT, ele fala das relações entre Patrimônio Cultural e planejamento urbano, do Circuito Histórico da Herança Africana no Rio de Janeiro e adianta alguns destaques do pavilhão brasileiro. A melhor cidade é a que existe O arquiteto Washington Fajardo, 43, presidente do Instituto Rio Patrimônio da...

Bonito por artifício

Para a seLecT 29 preparei Bonito Por Artifício, um ensaio visual sobre o Rio de Janeiro, que destaca os modos pelos quais a Cidade Maravilhosa naturaliza as intervenções humanas feitas na sua paisagem.

Curadoria de informação

Transformar o dado em informação e a informação em conhecimento depende de expertise, análise e interpretação.  Meu artigo sobre curadoria de informação, na página de Opinião do UOL...

Da Cidade Interativa à Cidade Participativa

Projeto do carro Smart realizado em Lisboa permitia que o público dançasse dentro de uma cabine e transmitisse suas imagens para os semáforos em tempo real As cidades contemporâneas foram expandidas pelas tecnologias digitais. Elas permitiram a ocupação de fachadas com telas e acesso, via aplicativos, a informações que vão do fluxo do trânsito ao mapeamento de remoções decorrentes de obras públicas....

Futuros Possíveis no Rio de Janeiro

Dia 29/4, a partir das 18h, estaremos na linda Livraria Cultura – Cine Vitória para fazer o lançamento do livro Futuros Possíveis – Arte, Museus e Arquivos Digitais no Rio de Janeiro. É o terceiro. O primeiro foi no Itaú Cultural e o segundo na Livraria Blooks da sp-arte. Todos foram ótimas festas. Acesse o sumário e leia a apresentação...

Possible Futures: Art, Museums and Digital Archives

POSSIBLE FUTURES: ART, MUSEUMS AND DIGITAL ARCHIVES  Bilingual edition is dedicated to the discussion of preserving digital memory and culture, bringing together internationally renowned experts of the field of conservation of digital art, collections digitization, database politics and aesthetics The book Possible Futures: art, museums and digital archives is dedicated to the discussion of preserving digital...

Futuros Possíveis: Arte, Museus e Arquivos Digitais

Sinopse  O livro discute estratégias e metodologias para o armazenamento e preservação de arte digital e processos de digitalização de acervos, incluindo também estudos sobre novas formas de organização e disponibilização das informações em sistemas de visualização de dados. Além disso, Futuros Possíveis apresenta estudos de caso e reflexões sobre o surgimento da estética do banco de dados e o...

Futuros Possíveis – Apresentação

Futuros possíveis discute temáticas emergentes no campo da preservação do patrimônio artístico e cultural, reunindo especialistas de renome internacional da área de conservação de arte digital e digitalização de acervos. A crescente produção artística realizada com meios digitais e eletrônicos demanda a elaboração de procedimentos específicos para a preservação da memória de bens culturais que,...

De coletivo a multidão

Inspirada pelo projeto Multitude (#multitudepompeia), do qual orgulhosamente participo com Cinema sem Volta, republico aqui um texto recente que escrevi para a seLecT: Um dos ícones das manifestações brasileiras, o Batman carioca evidencia que as manifestações em curso transformaram as ruas em uma batalha de linguagens (foto: Fernando Frazão) Sai 2 mil e crazy, entra 2 mil e catarse. Foi assim que o ano...

Presente mais que absoluto

Detalhe de Photography in Abundance, de Erik Kessels (2011). Ele baixou e imprimiu todas as fotos publicadas no Flickr em um dia. Diante da avalanche midiática que produzimos cotidianamente no Facebook e em outras redes sociais similares, como escolher o que será guardado? As redes não têm tempo. Nelas prevalece um regime de urgência permanente. A publicação mais recente é, supostamente, mais relevante que...

Teu corpo é um campo de batalha

Último reduto da propriedade inalienável do homem, o corpo é agora alvo de disputas biotecnológicas que levam a escala da computação para o nível molecular do indivíduo Esqueça a época em que você tinha medo de ter seu CPF, seu cartão de crédito, seus dados pessoais rastreados, haqueados ou clonados, simplesmente por tê-los compartilhado de alguma forma pela internet. Anote aí: você ainda vai ter...

Um museu de grandes novidades (velhas)

  A cultura pop celebriza o passado na música, na moda, no design, na arquitetura e no entretenimento, transformando o momento em monumento ao presente que não foi. Restaura-se tudo, de GIFs animados – tecnologia de animação da primeira época da internet – a filmes clássicos e blockbusters, a estéticas do VHS e games populares dos anos 1980, como o Atari. Entre lixos e obras-primas, fica a...

Django!

Quer levar Tarantino a sério? Não leve Tarantino a sério Tarantino é o mestre do Avant-pop. Algoz irônico e antropofágico da indústria hollywoodiana e do entretenimento pasteurizado, aqui não há lugar para patrulhas que desprezam a cultura de massas, tratando seus produtos como lixo industrial. Leia a análise sobre o novo filme de Tarantino...

Memórias do Futuro de Uma Arte sem Passado

A net art foi desde sempre um problema no espaço, por não se enquadrar nas tradições expositivas. Tornou-se um problema para o tempo, desaparecendo com os sites que linkava, os servidores que a abrigaram e as tecnologias que consolidaram a obra A história da net art é recente, mas cheia de revezes. Eterna prima pobre da artemídia, pela acessibilidade intrínseca às redes que nunca caiu bem no crivo...

Liquid Memories

Some thoughts. Inspired by our Symposium “Possible Futures – Art, Museums and Digital Archives”  www.fau.usp.br/digitalmemory Few words have become as commonplace as “memory”. Memory, which until recently has been limited to historiographical, neurological and psychoanalytical fields of study, has now become a primary aspect of the everyday life. After all, memory is a sort of quantifiable datum...
Página 1 de 3123