by Giselle Beiguelman
Currently Browsing: aulas | teaching

Crítica de Design de Interface

Neste 2o semestre ministro a optativa Aspectos Conceituais e Estéticos do Design de Interface, uma disciplina dedicada à discussão crítica, em uma perspectiva de análise histórica e estética, de um conjunto de conceitos, terminologias e definições emergentes relacionadas ao design de interface. Essas discussões são feitas com base em projetos de design e obras artísticas, analisados em três blocos...

Desobediências tecnológicas (aula 6 – auh 5862)

A partir do projeto “Desobediencia Tecnologica” de Ernesto Oroza, marcamos algumas linhas de força para orientar nossa reflexão sobre tecnofagias, ruinologias críticas e ocupação dos territórios informacionais. Nesse contexto, destacamos projetos que dialogam com os seguintes discursos críticos: Consciência Planetária Sociedade de Controle Políticas do Corpo Virtualizado Design de...

Estéticas do código: das escrituras urbanas às imagens premediadas (aula 4 – auh5862)

Nesta aula partimos das escrituras urbanas para discutir os processos de codificação com os quais nos relacionamos diariamente. Entre outras questões, destacamos: – A crescente opacidade dos mecanismos de codificação e o aumento de sua presença nas mais variadas atividades – A relevância e a centralidade dos processos de codificação das imagens e a perda de limite entre imagens e...

Arte pública e “revitalização” urbana (aula 3 – auh5862)

Com base no artigo de Rosalyn Deutsche — Krzysztof Wodiczko’s “Homeless Projection” and the Site of Urban “Revitalization” –, propõem-se os seguintes tópicos de discussão: Arte pública como intervenção urbana e como estratégia de “pacificação”; A instrumentalização do patrimônio histórico nos processo de gentrificação; Arte, tecnologia e política no...

Internet de Quais Coisas? (Aula 02 – AUH5862)

Questões centrais: Com base no ensaio “Design and Crime” de Hal Foster, discutiremos a emergência de um “Capitalismo Design”. Contrapontos entre a concepção de “Design Total” do Estilo 1900 com a inflação do Design do séc. 21 A ubiquidade das redes e o anacronismo da noção de virtualidade como oposição ao real Aula 02 – AUH582: Internet de Quais Coisas? ...

Intervenções em redes urbanas: A cidade como interface (Aula 01)

(Aula introdutória e de apresentação à disciplina de pós-graduação Intervenções em Redes Urbanas (espaços cíbridos e expandidos na arte e na cidade contemporânea) – AUH5862 FAUUSP.) Questões centrais do curso: A interconexão das redes on e off-line e suas dimensões políticas, estéticas e socioculturais; Cidades expandidas e espaços emergentes e de emergência A passagem da Cidade...

Arte Contemporânea Pós-Mídias Digitais: Curso

De 27 a 30 de janeiro, das 19h às 22h, ministro o curso Arte Contemporânea Pós-Mídias Digitais no Sesc Pompeia. As inscrições estão abertas e devem ser feitas na Oficina de Criatividade do Sesc Pompeia. Informações aqui. Abaixo a proposta do curso e o programa detalhado: Resumo Neste curso não nos interessa voltar ao desgastado binômio arte e tecnologia, nem ao vazio conceitual das “novas” mídias....

Mobile art – links

Intervenções em Redes Urbanas (espaços cíbridos e expandidos na arte e na cidade contemporânea) é a disciplina que ministro na pós-graduação da FAUUSP. A ementa do curso está aqui. Os links dos projetos artísticos, abaixo ou diretamente...

Aula Magna – do Ready Made aos Ready Media

Title: Aula Magna – Do Ready Made aos Ready Media Location: MIS – SP Conteúdo (Texto e Slides): Click here Description: Fui convidada pelo MIS-SP a ministrar a aula magna do curso livre de História da Arte que a instituição vai levar a frente no próximo 1 ano e meio. Aproveitei a oportunidade para pensar parâmetros metodológicos para situar a artemídia nos estudos da história da arte. Start...

Do Ready Made aos Ready Media

Fui convidada pelo MIS-SP a ministrar a aula magna do curso livre de História da Arte que a instituição vai levar a frente no próximo 1 ano e meio. Aproveitei a oportunidade para pensar parâmetros metodológicos para situar a artemídia nos estudos da história da arte. Ao propor uma reflexão “do ready made ao ready media” não estou aventando a possibilidade de traçar uma linha evolutiva que iria de...

Estéticas Tecnológicas

Uma questão recorrente nos debates sobre arte digital: o papel da tecnologia no processo criativo e na obra propriamente dita. Há quem diga que que a tecnologia é apenas uma ferramenta, um meio de chegar-se aos resultados desejados. Discordo. O que diferencia as artes digitais das outras artes é que elas problematizam a tecnologia no campo estético. Não se trata portanto de arte que utiliza meios digitais na...