by Giselle Beiguelman

Zap Zap Pro Prefeito

Neste sábado, 30/7, acontece a abertura da exposição Cartas ao Prefeito. A exposição é apresentada pelo Pivô Arte e Pesquisa e a Storefront for Art and Architecture, com a curadoria dos arquitetos Bruno de Almeida e Fernando Falcon. Participo, com apoio editorial da revista seLecT, com o projeto zap zap pro prefeito. zap zap pro prefeito é um projeto que acredita em urbanismo de código aberto....

Desobediências tecnológicas (aula 6 – auh 5862)

A partir do projeto “Desobediencia Tecnologica” de Ernesto Oroza, marcamos algumas linhas de força para orientar nossa reflexão sobre tecnofagias, ruinologias críticas e ocupação dos territórios informacionais. Nesse contexto, destacamos projetos que dialogam com os seguintes discursos críticos: Consciência Planetária Sociedade de Controle Políticas do Corpo Virtualizado Design de...

De coletivo a multidão

Inspirada pelo projeto Multitude (#multitudepompeia), do qual orgulhosamente participo com Cinema sem Volta, republico aqui um texto recente que escrevi para a seLecT: Um dos ícones das manifestações brasileiras, o Batman carioca evidencia que as manifestações em curso transformaram as ruas em uma batalha de linguagens (foto: Fernando Frazão) Sai 2 mil e crazy, entra 2 mil e catarse. Foi assim que o ano...

Ideas City São Paulo: Capital Inexplorado

Começa amanhã o Ideas City – São Paulo, um projeto do New Museum (NY) já realizado em Nova York e Istambul. Debates e workshops reúnem artistas, urbanistas e ativistas de 25 a 27 de outubro no Sesc Pompeia. Participo da mesa “Fazendo a ponte entre divisores: gente, tecnologia, redes”, com Arto Lindsay, Carlos Leite e Lindsay C. York (EFF). Vou falar das manifestações de junho,...

The QR-Comms

The Qr-Comms by Giselle Beiguelman Poetry Beyond the Text Final Exhibition The Royal Scottish Academy, The Mound, Edinburgh, EH2 2EL2 2EL Nov. 11th – Dec. 18th The QR-Comms is an interactive video mediated by QR-Comms. It  remixes the Ten Commandments, exploring new paradigms for artistic creation for the online environment. It investigates the fluidity of network identity and its artificial presence in...

Txt, txt, txt

  Raymond Queneau, Cent mille milliards de poèmes, Gallimard, 1961. Maquette de Massin Desde agosto, mais precisamente desde o desastre do Timthumb, que este site anda bem capenga. Não consegui ainda me reorganizar, tive que reformatar o servidor (um saco!), não me entendi mais com o MySQL (e o que é a vida em WordPress sem ele?), mas decidi, pelo menos, atualizar um pouco este meu web-cadáver com alguns...

Da Interação ao Agenciamento

O século 21 entrará para os livros de história como marco zero da era do pós-virtual. Uma era em que as redes se tornaram tão presentes no cotidiano e que o processo de digitalização da cultura tornou-se de tal forma abrangente, que se tornou anacrônico pensar na dicotomia real/virtual. O mundo da Internet das Coisas já se anuncia no presente e a interação mediada por dispositivos de conexão é sua...

Design de contra-informação

Aconteceu em Belo Horizonete neste fim de semana o seminário internacional Design e Política. Os slide da apresentação que fiz na mesa de encerramento estão aqui. Design e contra-informação View more presentations from giselle beiguelman Pontos altos do simpósio: palestra Saskia Sassen e a mesa de arte e política, com Eduardo de Jesus, Nelson Brissac, Javier Barilaro e Antonio...

Piratas: Os Dissidentes da Nova Ordem

Escrevi há pouco sobre a polêmica em torno da retirada da licença Creative Commons do Minc, privatização da cultura e a importância de criar estratégias de fomento às dissidências. Resolvi complementar e disponibilizar um pequeno ensaio — mais um longo post que um ensaio — feito a convite do Eduardo Brandão e da Cia de Foto para o catálogo da exposição Histórias de Mapas, Piratas e...

Privatizar ou Politizar a Cultura?

Nem bem começou a gestão de Ana de Hollanda no Minc vem dando o que falar ( e o que protestar ). O primeiro ato de repercussão foi a retirada da licença Creative Commons do site do Ministério da Cultura. O argumento inicial que coisas públicas são públicas e não necessitam lastro de licenças me parece absolutamente correto. Contudo, a alternativa de trocar a licença Creative Commons por uma advertência...

Do Link ao Leak

Participo hoje, dia 10, 19h30, no Itaú Cultural do Seminário Internacional Rumos Jornalismo Cultural, em debate com o super Kenneth Goldsmith da UbuWeb. A Rachel Bertol, jornalista e curadora do evento, nos sugere discutir: Como as transformações tecnológicas podem impactar o diálogo do jornalismo cultural com o público, uma vez que não é só o jornalista que produz e veicula informações? Qual é o...

Fora do Eixo, Fora de Casa, Entre Piratas

Participo do 2o Fórum Latino-Americano de Fotografia que acontece no Itaú Cultural (SP) a partir do dia 20. O evento, que se chama Fora do Eixo, Fora de Casa, é coordenado por Iatã Cannabrava e abrange mesas de debate, workshops e leituras de portfólio, entre outras atividades, além da exposição Histórias de Mapas, Piratas e Tesouros, com curadoria de Edu Brandão e do coletivo Cia de Foto. Na...

Technophagic Emergence

Today I presented my paper at the Latin American Forum in ISEA 2010. I talked about Creative and Critical Trends of Digital Culture in Brazil. Here is the paper, the slides and the PDF. Technophagic Emergence Creative and Critical Trends of Digital Culture.BR Giselle Beiguelman @gbeiguelman Artistic Director, Sergio Motta Institute www.ism.org.br Brazil Brazilian production in the field of digital culture reveals...

New Book: Urban Screens

The Urban Screens Reader é o quinto livro publicado pelo Institute of Network Cultures de Amsterdam, dirigido pelo mestre Geert Lovink. Os livros podem ser pedidos pelo correio e baixados em PDF. Neste volume, em que participo com um ensaio sobre arte pública em contextos nômades, há ensaios imperdíveis de Saskia Sassen, Sean Cubitt, Scott McQuire e Andreas Broeckman, entre outros. Mais sobre o livro, abaixo....

Artivismo, Circuito e Marcas

Sábado passado fiz uma palestra na Red Bull House of Art, a convite dos curadores – Lucas Bambozzi e Maria Monteiro. Passei por lá em um momento privilegiado do projeto: entre exposições (a nova aliás abre dia 4 e promete). Além de ter uma visão privilegiada do processo, entrando nos ateliês dos artistas residentes e garimpando o Hotel Central, pude desfrutar de um público interessante e interessado...
Página 1 de 212