by Giselle Beiguelman

Zap Zap Pro Prefeito

Neste sábado, 30/7, acontece a abertura da exposição Cartas ao Prefeito. A exposição é apresentada pelo Pivô Arte e Pesquisa e a Storefront for Art and Architecture, com a curadoria dos arquitetos Bruno de Almeida e Fernando Falcon. Participo, com apoio editorial da revista seLecT, com o projeto zap zap pro prefeito. zap zap pro prefeito é um projeto que acredita em urbanismo de código aberto....

O que vc esqueceu de lembrar?

Memória da Amnésia busca compreender como as políticas culturais e de patrimônio histórico definem o que são obras de arte pública e estabelecem suas relações com a memória urbana. O projeto aborda a memória pelo prisma do esquecimento, focalizando a mudança de monumentos de lugar e o “desterro” de monumentos em depósitos, duas questões recorrentes da história urbana de São Paulo. A exposição,...

Velhos Novos Modernos

Reforma da FAUUSP. Setembro 2014. Foto: Giselle Beiguelman O modernismo não sabe envelhecer. O tempo lhe faz mal. Transforma sua arquitetura em escombros. Restaurar um edifício modernista parece impossível. Na sua essencial negação do passado e utopia de um futuro em aberto permanente, a arquitetura modernista parece só poder ser recuperada se for reconstruída de ponta a ponta. Como duplo, como fake ou...

De coletivo a multidão

Inspirada pelo projeto Multitude (#multitudepompeia), do qual orgulhosamente participo com Cinema sem Volta, republico aqui um texto recente que escrevi para a seLecT: Um dos ícones das manifestações brasileiras, o Batman carioca evidencia que as manifestações em curso transformaram as ruas em uma batalha de linguagens (foto: Fernando Frazão) Sai 2 mil e crazy, entra 2 mil e catarse. Foi assim que o ano...

Ideas City São Paulo: Capital Inexplorado

Começa amanhã o Ideas City – São Paulo, um projeto do New Museum (NY) já realizado em Nova York e Istambul. Debates e workshops reúnem artistas, urbanistas e ativistas de 25 a 27 de outubro no Sesc Pompeia. Participo da mesa “Fazendo a ponte entre divisores: gente, tecnologia, redes”, com Arto Lindsay, Carlos Leite e Lindsay C. York (EFF). Vou falar das manifestações de junho,...

Design de contra-informação

Aconteceu em Belo Horizonete neste fim de semana o seminário internacional Design e Política. Os slide da apresentação que fiz na mesa de encerramento estão aqui. Design e contra-informação View more presentations from giselle beiguelman Pontos altos do simpósio: palestra Saskia Sassen e a mesa de arte e política, com Eduardo de Jesus, Nelson Brissac, Javier Barilaro e Antonio...

Realengo: No atacado e no varejo

Como todos, estou chocada com a invasão de uma escola pública no Rio de Janeiro por um louco que atirou contra os alunos. Matou 12 crianças, feriu 10 e traumatizou milhares. Recebi hoje um email, encaminhado por um amigo, que circulou em listas de discussão e retrata a situação das escolas públicas brasileiras. É o relato/desabafo de um professor. Serve como uma triste contextualização das imagens que...

Ciência Antropofágica

Estou numa fase difícil. Entre trabalhos mil,  fico fuçando os arquivos e os links sobre meu pai, Prof. Bernardo Beiguelman, falecido no dia 5 de outubro. A UNICAMP. universidade a que ele dedicou a carreira, dignificando a idéia e prática do serviço público, da pesquisa e da docência, organiza uma seção em seu Centro de Memória em sua homenagem. Em função disso, encontrei seu manuscrito, não...

Piratas: Os Dissidentes da Nova Ordem

Escrevi há pouco sobre a polêmica em torno da retirada da licença Creative Commons do Minc, privatização da cultura e a importância de criar estratégias de fomento às dissidências. Resolvi complementar e disponibilizar um pequeno ensaio — mais um longo post que um ensaio — feito a convite do Eduardo Brandão e da Cia de Foto para o catálogo da exposição Histórias de Mapas, Piratas e...

Privatizar ou Politizar a Cultura?

Nem bem começou a gestão de Ana de Hollanda no Minc vem dando o que falar ( e o que protestar ). O primeiro ato de repercussão foi a retirada da licença Creative Commons do site do Ministério da Cultura. O argumento inicial que coisas públicas são públicas e não necessitam lastro de licenças me parece absolutamente correto. Contudo, a alternativa de trocar a licença Creative Commons por uma advertência...

A despolitização da cultura

Reportagem publicada hoje na Folha de S. Paulo afirma que existe uma crise no Paço das Artes e no MIS. A crise seria resultante de problemas de relacionamento de alguns funcionários com a diretora das duas instituições, Daniela Bousso. O caráter – supostamente autoritário e centralizador– e a postura agressiva e desrespeitosa da diretora, de acordo com a reportagem, seriam responsáveis por problemas...

A tensão política das redes sociais

  O movimento Dia de Sair do Facebook e a guerra de vídeos no YouTube em torno do ataque israelense à Frota da Liberdade mostram os potenciais antagônicos da web 2.0 Giselle Beiguelman (@gbeiguelman) Redes sociais e de compartilhamento de conteúdo tornaram-se centrais no nosso cotidiano. O protesto contra o Facebook (Quit Facebook Day/Dia de Sair do Facebook) e a guerra de vídeos no YouTube em torno do...