Beleza Convulsiva Tropical é o projeto que desenvolvi especialmente para a Bienal da Bahia, a convite da curadora Ana Pato. O projeto inclui fotografia, uma série de postais, pôsteres, lambe-lambes e um site specific (intervenção em sala do arquivo da Bahia com audiobook e moss graffiti – grafite de musgo). Discute, a partir de múltiplas linguagens, a “conspiração” dos trópicos contra a memória, a tensão entre natureza e cultura, o informal e o formal. Busca uma abordagem não romântica das ruínas, entendendo-as como matéria em movimento e história do tempo em ação. Começo aqui uma série de posts sobre o projeto, com as primeiras imagens da implantação do site specific, o moss graffiti no Arquivo do Estado da Bahia