mi buenos aires querido

Recém voltei de Buenos Aires. Susto. A mais típica de todas as capitais latinas foi engolida pela globalização quase que como num atropelamento. Olhando as placas de rua patrocinadas pela Nokia e pela Claro, só consegui pensar que Buenos Aires se convertera em uma versão pós-moderna da Cidade Ausente, do Ricardo Piglia. Mas foi bom. Deu para atualizar meu sempre in progress Global Post-Cards. E sabe que vale uns cliques? Atrasos de trem em Frankfurt, Manual de boa conduta em hotéis em Amsterdã (saiba como se virar se exceder-se com “soft drugs” na Holanda…), Coconut Grove em Sergipe e mais…