O que você esqueceu de lembrar?

O projeto Memória da Amnésia busca compreender como as políticas culturais e de patrimônio histórico definem o que são obras de arte pública e estabelecem suas relações com a memória urbana. Para tanto, aborda a memória pelo prisma do esquecimento, focalizando a mudança de monumentos de lugar e o “desterro” de monumentos em depósitos, duas questões recorrentes da história urbana de São Paulo.

Essa abordagem foi feita a partir de duas ações: por meio de uma intervenção artística, realizada em dezembro de 2015, que consistiu no traslado de monumentos de um depósito da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), localizado no bairro do Canindé, para o Arquivo Histórico de São Paulo (onde ficaram até abril de 2016); e com um mapeamento dos monumentos que mudaram de lugar na cidade de São Paulo. Esse mapeamento resultou no Guia dos Monumentos Nômades da Cidade de São Paulo.