Passo a assinar uma coluna no site da Revista Zum, discutindo a cultura visual contemporânea e suas linguagens. A coluna é bimestral e na de estreia, comento o filme The Men Behind the Wall (Os homens atrás do muro), da cineasta Inés Moldavsky, israelense de origem argentina. Prêmio de melhor curta-metragem do festival de Berlim este ano, o documentário transmídia foi feito a partir de entrevistas –  via internet e pessoalmente – com homens de várias idades na Cisjordânia e Gaza, todos eles palestinos contatados para encontros sexuais via aplicativos de relacionamento, como o Tinder e o OkCupid.

Homens além do muro: sexo, verdades e apps