Arte e Vanguarda na Internet é o título da série de conferências que o CCBB apresenta, numa produção (impecável) da Texto Intermidia.
O ciclo, que já aconteceu em Brasília — onde furei, em virtude do vulcão— continua agora no Rio, onde debato com Ivana Bentes, uma das cabeças mais interessantes da cultura digital.

O tema de hoje é web arte.

Pediram-me duas coisas:
Uma apresentação off line
Uma apresentação focada em meus trabalhos

Confesso que tenho uma dificuldade enorme em apresentar e falar de internet em modo off line. E faz bastante tempo que não faço apresentações focadas em trabalhos meus.

Decidi me concentrar em projetos que tem como horizonte epistemológico a cultura de rede, mas que não são projetos para internet, a partir de dois temas: sistemas autorais emergentes e novas práticas de mapeamento.

Os sistemas autorais emergentes vão ser discutidos em situações de apropriação do circuito publicitário, contextos de cibridização, remix e autorias temporárias.

As novas práticas de mapeamento serão apresentadas a partir de cartografias fluidas e processos de reconfiguração da noção de lugar, na linha de discussão que Andre Lemos propõe em sua releitura de Bruno Latour.

Os projetos que vão ancorar essa dicussão são:

Poétrica

Suite4MobileTags

Born2Kill

Linescapes

CGH_SDU (Homage to Minimal Information)

Mais, no CCBB RJ, hoje, 18h30

Data: 10 de agosto a 23 de novembro
Horário: Terças, às 18h30
Local: Teatro I | Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Recepção/Informações: Terça a domingo, das 10h às 21h | Telefone: (21) 3808-2007
Classificação: Livre
Entrada franca | Senhas distribuídas uma hora antes do evento